quarta-feira, 29 de junho de 2016

Color: A Natural History of the Palette


Victoria Finlay (2003). Color: A Natural History of the Palette. Nova Iorque: Random House.

Um dos aspectos mais interessantes da teoria da cor é a história dos pigmentos, como são obtidos os materiais que nos dão as cores que nos fascinam. Hoje, representados virtualmente em pixeis ou produtos da indústria química, mas ao longo da história um sinal de profunda sabedoria de técnicas e materiais inusitados, bem como de relações comerciais intercontinentais. Hoje, é fácil e acessível obter as cores mais esotéricas numa qualquer superfície comercial, mas houve tempos que os pigmentos obrigavam a esforços agora impensáveis. Este livro conta algumas dessas histórias, num misto de jornada pessoal de uma jornalista viajante que calcorreou o planeta em busca das fontes mais antigas dos pigmentos. Desde as minas de lápis-lazuli de um Afeganistão sob domínio talibã, aos museus italianos, mercados orientais, ruínas libanesas, campos indianos, até ao interior australiano, procurando na arte aborígene os indícios dos primeiros usos registados de pigmentos com intenção artística no neolítico.

Sem comentários: