quarta-feira, 18 de julho de 2018

Euclid's Window


Leonard Mlodinow (2002). Euclid's Window: The Story of Geometry from Parallel Lines to Hyperspace. Nova Iorque: The Free Press.

Não é suposto um livro sobre geometria e matemática ser tão divertido. Mas é. A leveza com que Mlodinow nos guia ao longo de temas complexos é admirável. Dizer que um livro de matemática é daqueles que não se consegue parar de ler é uma incongruência, a menos que se goste mesmo de matemática, mas é o que caracteriza este Euclid's Window.

O livro é, essencialmente, a história da evolução do conceito de espaço, através do seu desenvolvimento matemático. A geometria de Euclides é o ponto de partida, como primeira descrição rigorosa de conceitos espaciais. Daí seguimos para Pitágoras, Oresme, Descartes e Gauss, vendo como a fiolosofia se foi tornando mais rigorosa, cada vez mais dependente das abstrações matemáticas para alargar a compreensão das noções de espaço. Einstein fractura as convenções com as implicações da relatividade, e a partir daí a física exótica dos quanta e teoria das cordas expande o nosso conceito de espaço muito para lá da perceção de tridimensionalidade descrita entre Euclides e Descartes, que forma a sensação comum sobre o que é o espaço. Uma viagem bem ritmada pela história da ciência.

Sem comentários: