quarta-feira, 20 de abril de 2016

Livros a Oeste 2016


O Livros a Oeste é um daqueles festivais literários que vale a pena ir, quer pelo bom gosto do João Morales quer pela coragem de organizar um evento destes numa  localidade como a Lourinhã, afastada dos eixos urbanos principais e sem as características turísticas de uma Óbidos ou de Chaves. Aposto que nem se lembram que para além de pegadas de dinossauros, podem visitar o centro de interpretação da Batalha do Vimeiro e ficar a conhecer melhor a história das guerras peninsulares.

Como é habitual, integra tertúlias literárias e aposta junto de alunos das escolas locais para dinamizar o despertar do gosto pela leitura. É verdade que que eu saiba, não há livrarias na Lourinhã, mas pelo menos todos os anos têm no festival uma feira do livro. Sempre escusam de ir à União e a Bertrand, em Torres Vedras, para satisfazer o bichinho dos livros.



Gostaria de dar lá um pulinho, mas estarei a evangelizar sobre impressão 3D em parceria com impressores estónios num encontro de eTwinners um pouco, aliás, muito mais a norte nesses dias. Fica aqui o programa, e consultem o site do Livros a Oeste 2016 para mais informações.

(Nota de interesses: é uma honra para mim conhecer pessoalmente e ter trabalhado com esse furacão, imparável e cheio de ideias, que é o João Morales.)

Sem comentários: