terça-feira, 1 de março de 2016

Mr. MZYZPTLK

A ler Lassù qualcuno ci chiama, aventura de Dylan Dog de 1998 que homenageia Umberto Eco, e deparo com esta fantástica vinheta com muitas referências, uma delas muito especial. Topam qual é? Não, não é essa. A Torre de Babel de Bruegel é a mais óbvia, com os balões cheios de falas em línguas antigas e modernas. Dou uma pista: está no canto superior direito. Ainda não viram? Pronto, dou outra:


Logo ali, bem à vista, o nome do excêntrico inimigo do Super-Homem que só pode ser vencido quando é forçado a ler o seu nome ao contrário. Referência apropriada para uma aventura de Dylan Dog onde a língua e os seus significados são o cerne da narrativa, este vilão que só pode ser derrotado pela palavra.

O senhor de cabelo ralo na imagem do fumetti é Eco, perdido num sonho sobre a busca pela origem da língua. Alguém deixou esta edição escrita por Tiziano Sclavi e desenhada por Bruno Brindisi no Scribd. Aprveitem enquanto dura e descubram este excelente Dylan Dog #136.

Sem comentários: