quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Mergulho na Fé

Arquivar em coisas bizarras que se ouvem na rádio: escutar a voz cristalina de uma apresentadora a falar de fait divers, pronunciando duas ou três vezes a expressão em inglês. Soava a qualquer coisa como faith divers.  Em vez de factos diversos, disse mergulhadores da fé, algo que até poderia soar bem se ela não estivesse mesmo a falar de faits divers. Ninguém entre os restantes apresentadores pareceu dar conta do torpedeio linguístico. Até fiquei em dúvida. Será que andei toda a uma vida a pronunciar mal a expressão?

Vou empinar o nariz e comentar que é típico das caras bonitas intercambiáveis que funcionam como figuras de renome na nossa paisagem mediática.

(Com a extinção de facto mas não de jure do Francês no ensino básico e sua substituição por Espanhol, devo pertencer a uma das últimas gerações de portugueses que ainda compreendem a língua francesa.)

Sem comentários: