quinta-feira, 24 de outubro de 2013

All is consequence


Desculpe, Sr. Godard, estava a falar avant la lettre do complexo e elegante panopticon de hipervigilância onde agências governamentais, estados e empresas conseguem manter níveis inimagináveis de vigilância automatizada sobre os cidadãos?


A space age decai ladrilho a ladrinho nos murais que cobrem apartamentos brutalistas em cidades ignoradas da Ásia Central.

Sem comentários: