sábado, 16 de fevereiro de 2013

Doesn't really matter



Em 2013 o futuro é tão banal que já poucos reparam nele. Parece que estamos a viver para lá das promessas do futurismo clássico, a viver nos tempos do fim do futuro. Da revista Juxtapoz.

Sem comentários: