terça-feira, 7 de agosto de 2018

The Voices of a Distant StarThe Voices of a Distant Star


Makoto Shinkai, Mizu Sahara (2006). The Voices of a Distant StarThe Voices of a Distant Star. Los Angeles: Tokyopop.

Parece uma tradicional história de amor adolescentes, boy meets girl e apaixonam-se enquanto crescem e descobrem o mundo. Mas a rapariga é recrutada como operadora de mechas numa missão espacial. Ruínas descobertas em Marte apontam para uma civilização alienígena que poderá ser uma ameaça para a humanidade, e é organizada uma frota para ir a outra estrela encontrar os alienígenas. Mas a verdadeira história é do amor entre os jovens, mantido vivo de forma epistolar, com troca de mensagens que pode durar entre meses a anos entre elas. Não há fuga à relatividade. O que noutros livros seria uma grandiosa aventura de ficção científica é neste mangá um mero cenário, que se intromete de vez em quando nos dilemas de um amor que sobrevive à distância. Há que apreciar o final, que intui a uma possível reunião entre os jovens, mas deixa tudo em suspenso. Tempo suspenso é mesmo o grande tema deste mangá.

Sem comentários: