quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Valérian #09




Pierre Christin, Jean-Claude Mézières (2017). Coleção Valérian #09: Reféns do Ultralum/O Órfão dos Astros. Lisboa: ASA.

Reféns do Ultralum - com os problemas financeiros resolvidos na última aventura, Valérian e Laureline resignam-se a uma vida de luxo. Algo a que ela se adapta bem, mas o lendário agente de um futuro que já não existe precisa de desafios. Um cruzeiro luxuoso que frequentam é atacado por mercenários, que raptam o herdeiro de um nababo do espaço. Na confusão, Laureline é arrastada pelos raptores, acabado envolvida como vítima. Um desolado Valérian encontra uma relutante aliada na pessoa de uma alienígena magoada pelo outro agente sobrevivente de Galaxity, numa linha narrativa que acabará no perdão e reunião deste estranho casal na grande estação do Ponto Central. Entretanto, o nababo anuncia uma recompensa imensa para quem salvar o seu filho. Pode fazê-lo, pois é o dono e senhor da civilização que tem acesso aos depósitos de ultralum, a substância que alimenta os motores das naves que sulcam o espaço intergaláctico. É essa a razão do rapto, orquestrado por um grupo de operários de extração da substância, fartos das condições esclavagistas em que vivem.  A visão crítica sobre a indústria petrolífera e suas consequências sociais, geo-políticas e ambientais é óbvia. Originalmente publicado em 1996.

O Órfão dos Astros - No seguimento da aventura anterior, Valérian e Laureline estão a braços com o filho do nababo, já não raptado mas a querer acompanhá-los nas aventuras. O que causa alguns problemas. Primeiro, o pai quer o herdeiro de volta ao seu palácio, e contratou para isso os mercenários que originalmente o raptaram, que dão caça aos aventureiros pela galáxia. Depois, a criança é um bocadinho irritante, pouco educada, petulante e demasiado habituada aos mimos de ser herdeiro do líder supremo de uma civilização milionária. Vai ter de ir para a escola, apesar dos esforços dos seus captores para o recuperar a Valérian. A aventura leva-os a uma espécie de imenso subúrbio, composto por asteróides próximos entre si, cada um a vivenda dos mais exóticos novos-ricos da galáxia, e vai passar por uma experiência de Laureline como atriz de telenovelas. Originalmente publicado em 1998.

Sem comentários: