sábado, 14 de maio de 2016

Meteorologia Bipolar


À descoberta do Paúl da Tornada, uma zona húmida entre as Caldas da Rainha e S. Martinho do Porto.


Drones World Tour dos Muse. Derivativos, mas divertidos.


Gare do Oriente em manhã cinzenta e chuvosa.


Ver os santuários de Braga sob nevoeiro cerrado tem o seu quê de gótico. Talvez daquelas brumas surja uma daquelas criaturas de pesadelo que tanto encantam os leitores de ficções temerárias?


... and back again. Normalmente atravesso o país de carro, mas soube muito bem regressar ao comboio.


Um tempo bipolar no Barreiro, oscilando entre chuva torrencial e sol ardente.


Desconhecia que o Barreiro tinha uma aldeia piscatória cheia de cor, à beira Tejo, com Lisboa ao longe.


Um peixe residente numa escola do primeiro ciclo. Suspeito que quando os alunos melhorarem o seu nível de inglês, o aquário terá que sofrer alterações.

Sem comentários: