sábado, 30 de abril de 2016

Fio do horizonte.




Que mania, esta. Desponta o sol e começo logo a perseguir os fios do horizonte, em tons de azul. Pelo Baleal, Santa Cruz e Nazaré. A geografia pesa e a costa oeste é a que está mais à mão de semear.

Sem comentários: