domingo, 11 de outubro de 2015

Ode ao empreendedorismo


Not sure if... ironia pura ou estão mesmo a falar a sério. Indo perscrutar ao GOG dou logo na primeira página com um destaque a Lula: The Sexy Empire, um jogo antigo para Amiga, portado para Windows. Descrito como ode ao empreendedorismo e profundo e cativante simulador de negócios. Mas o texto de promoção ainda melhora:
In the age of struggling economies and high technology, the spirit of entrepreneurship is one of the greatest treasures one can ever own. (...) In Lula: The Sexy Empire you will make your path from rags to riches: you'll start up your own multimedia production empire, and you'll do it with spunk. 

Esta ode ao empreendedorismo mostra como enriquecer com prostituição e filmes pornográficos. Jogos que passam para lá das linhas para despertar o interesse nos jogadores e cativá-los apelando aos impulsos sexuais não são nada de novo, nem este jogo o é (notem: desenvolvido para Amiga). A Wikipedia é mais lacónica e informativa:

The game revolves around building a multi-million dollar pornography and erotica industry.

Adorei foi a forma como foi descrito, decaldadinha dos manuais de práticas empresariais dos proponentes empreendedores, dos bater punho e similares. Tirem a imagem sugestiva e as palavras sexy empire e tudo o resto é o tipo de texto que se encontraria num jornal económico ou coluna de opinião. Não sei se foi intencional, mas a ironia com o discurso dos neo-liberais que querem impingir a toda a força a falácia salvífica do empreendedorismo é completa.

Fui parar ao GOG através deste artigo no Ars Technica sobre jogos de simulação urbana, cuja leitura se recomenda.

Sem comentários: