segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Comics


Miracleman by Gaiman & Buckingham #03: Esta tardia reedição do clássico e influente comic britânico, sintomática do fim das disputas legais sobre propriedade intelectual que durante décadas, traz de regresso a revisão por Alan Moore dos estereótipos dos comics de super-heróis, que viria a levar mais longe com Watchmen e Promethea. Moore, avesso a certos costumes típicos da indústria, é creditado nesta reedição com um críptico mas muito óbvio the original artist. Finalizando a série, entramos no campo de Neil Gaiman, que contrapôs o seu estilo mais metafísico ao experimentalismo seco de Moore. Gaiman sempre foi um deslumbrado com ideias e conceitos intrigantes, e levou por aí o personagem, mais nos campos da fantasia do que da FC. De caminho lega-nos este episódio, com Mark Buckhingham a acompanhar na perfeição o fascínio pela arte contemporânea.


Starve #05: A terminar a primeira temporada, este comic afasta-se um pouco do futurismo visceral, com Brian Wood a entrar no mais banal dramalhão familiar. O que não muda é o expressionismo puro da ilustração de Danijel Zezelj, o grande ponto forte desta série, a par da premissa original que levou ao absurdo os reality shows de culinária gourmet. Ou talvez não, parece que a ideia de degolar e esquartejar animais para cozinhar ao vivo já apareceu num ou outro Masterchef.


Survival's Club #01: Não sendo uma estranha ao mundo dos comics, Lauren Beukes está claramente  a ser romancista neste novo comic da Vertigo. O lançar da premissa e colocar das peças em jogo é feito de forma muito fragmentada, claramente a tecer diversas linhas narrativas que vão muito para além do conceito-base de um jogo de computador malévolo que de alguma forma afectou a infância dos personagens. Estamos no terreno do fantástico dark, e acho que nos espera uma wild ride. Um aparte: depois de conhecer Beukes nos encontros Próximo Futuro da Gulbenkian, é-me impossível não achar que a personagem Alice não tenha sido visualmente decalcada da autora. É demasiado parecida com Lauren Beukes... e quem esteve por lá reconhece as similaridades.

Sem comentários: