terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Leituras


Coming soon: Slow, heavy, shrieking, autonomous robot rent-a-copsDaleks, you mean? Não sei porquê mas sempre que vejo artigos sobre estes robots ovóides desenvolvidos para substituir aqueles primatas chatos que insistem em ser pagos nos empregos como segurança imagino-os sempre de batedeira e desentupidor em risco, gritanto exterminate! numa voz robótica nasalada. Referências whovianas à parte, a ideia de robots a patrulhar espaços físicos traz à memória alguns dos medos mais explorados pela FC cinematográfica. Alguém falou em robocop?

Terraform: VICE does SciFi? Aparentemente. E com um objectivo interessante: ficção especulativa interessante, com o pulso no momento contemporâneo. Começa com contos de escritores activistas. Qualquer coisa que tenha Bruce Sterling e Cory Doctorow desperta-me logo o interesse.

Amongst the Machines: O BLDBLG em modo robot Pr0n, numa visita à fábrica automatizada da Tesla Motors. O que é em si outro toque de futurismo: A Tesla fabrica exclusivamente veículos eléctricos e o seu fundador, Elon Musk, brinca muito a sério com foguetões na Space X e sonha com colónias humanas em Marte.

How Interstellar's Robots Were Made With Hardly Any CGI: Goste-se ou não do filme Interstellar (eu gosto e não gosto, por estranho que isto soe), é um filme deslumbrante a vários níveis. Outro pormenor importante está nos robots que são dos personagens mais marcantes do filme. Aparentemente monólitos desengonçados, espelham na verdade muita da investigação de ponta em robótica actual: autonomia, modularidade e adaptação a ambientes inesperados. Neste pormenor o filme brilhou.

Sem comentários: