quinta-feira, 1 de maio de 2014

Mayday


Porque ser humano é ser mais do que um servo dos interesses financeiros ou peça descartável das maquinarias económicas.


"Temos que pensar numa economia, numa sociedade, em que qualquer tipo seja reformado à nascença. E saiba imediatamente, se puder entender, que quem não faz nada morre depressa. E que, portanto, procure naquilo que é, naquilo que sente do mundo, o que é que gostaria de fazer. As duas leis devem ser: «Não trabalhe nunca; por favor esteja sempre ocupado." 

Agostinho da Silva, Ir à Índia sem Abandonar Portugal.

Sem comentários: