terça-feira, 21 de maio de 2013

Gesebel

Fumetti clássico dos anos 60, Gesebel tem argumentos de pura space opera de Max Bunker, pseudónimo de Luciano Secchi. Aventureira do espaço, Gesebel é uma amazona das estrelas. Rainha das corsárias que habitam o planeta Virgin, enfrenta as investidas do fascista General Brosk, comandante das forças da república galáctica, troca as voltas às suas riviais, derrota tenebrosas ameaças e ainda tem tempo para mimar o seu gato. Personagem amoral, é ao mesmo tempo defensora da liberdade na galáxia, ditadora implacável do seu planeta e dominatrix romântica dos homens que escraviza.

O ilustrador Roberto Raviola, mais conhecido pelo pseudónimo Magnus, é o responsável pelo estilo austero da série. Com linha simples, fazendo forte uso dos contrastes de preto e branco, gestão espartana do espaço da vinheta, focalização em figuras detalhadas ao invés de vastos panoramas, mergulha-nos numa iconografia modernista onde se detectam os traços elegantes da art deco e algum barroquismo fin de siècle. Magnus ganhou fama pelo fumetti erótico Necron e é considerado um dos grandes ilustradores de banda desenhada italiana. Em Gesebel o seu trabalho caracteriza-se por um forte intimismo, curioso num género como a ficção científica que normalmente vive de grandes panoramas e tecnlogia detalhada. A simplicidade da sua linha traduz-se numa enorme elegância visual. A sua visão do futuro pode-nos parecer datada hoje, mas o estilo tecnológico streamlined, de linhas curvas e formas simples alicerça-se em influências do design futurista da época, inspirado por Bel Geddes ou pelo modernisno de Corbusier.

E agora deixo-vos com uma colecção massiva de imagens. Deslumbrem-se.



La Corsara Dello Spazio: a estrondosa apresentação de Gesebel e da sua galeria de personagens. Após enfrentar as forças da república galáctica e capturar uma nave da frota estelar, Gesebel tem de enfrentar uma intriga palaciana no seu planeta instigada por uma rival que deseja roubar-lhe o lugar cimeiro na hierarquia do planeta e os seus escravos sexuais.











Minaccia nel Cosmo: Gesebel enfrenta a ameaça dos alienígenas do planeta Mercurio, capazes de devastar Virgin e a república galáctica. 





 E La Terra Scoppio': As aventuras de Gesebel levam-na à Terra. Enquanto no império galáctico as tendências fascistas do General Brosk são cada vez mais acentuadas, Gesebel chega ao planeta Terra, um pardieiro estelar que se auto-destrói num cataclisma nuclear provocado pela eterna guerra entre americanos e soviéticos.







La Notte dei Pipistrelli: O planeta Virgin e toda a galáxia estão ameaçados pela invasão de minúsculos morcegos inteligentes, cuja derrota só é possível através da saturação da atmosfera com gás de alho. Pela paz da galáxia, um diplomata da república é enviado ao planeta e cai inevitavelmente nos braços sensuais de Gesebel.







La Setta Nera: Abrigada num asteróide à deriva pelo espaço, uma seita tenebrosa aproxima-se da galáxia e torna-se capaz de hipnotizar todas as populações planetárias, tornando-se os dominadores da galáxia. Apenas Gesebel, o seu gato e Mabus, o fiel criado mundo, escapam às garras mentias da seita negra e fogem pelo espaço em busca de novas aventuras.




Il Planeta Del Mistero: Deambulando pela galáxia, Gesebel aterra num planeta misterioso habitado por una raça de humanóides trogloditas e uma espécie alienígena metamórfica. Cruza-se nas cavernas com o seu arqui-inimigo Brosk, sendo que o exílio makes for strange bedfellows, e tem uma experiência alucinogénica antes de conseguir fugir do planeta.






Sem comentários: