quinta-feira, 18 de abril de 2013

Overly attached girlfriend


Querido diário, hoje por um puro acaso reparei na carinha simpática que nos recebe ao entrar no portal das finanças, digo, autoridade tributária que nestes tempos de respeitinho moralista austeritário as autoridades são para se fazer a devida vénia e beijar o chão por onde passam. Aquele olhar, aquele sorriso da menina que nos contempla enquanto olhamos para as inúmeras e bizantinas obrigações fiscais num site cuja navegabilidade é um labirito kafkiano fez-me recordar qualquer coisa. Algumas voltinhas à cabeça depois lá percebi.


A expressão é pouco diferente da da overly attached girlfriend, um dos muitos memes da vida digital. É apropriado. Nestes tempos de austeridade, as finanças são a face visível de uma máquina que está optimizada para sugar o tutano aos cidadãos oferecendo em troca sacrificios, cortes e empobrecimento generalizado. Tudo sempre com um ar sorridente e um olhar complacente de moralismo oco. Pelo menos a rapariga excessivamente agarrada não oculta intenções nefastas por detrás dos olhos esbugalhados.

Sem comentários: