terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Hawken: Genesis


v.a. (2013). Hawken: Genesis. Los Angeles: Archaia Studios.

Confesso uma certa ambivalência perante este comic. É baseado num jogo multi-utilizador massivo e serve como complemento e guia do mundo virtual ficcional. Normalmente torço o nariz perante produtos de consumo de convergência multimédia. Os tie-ins, novelizações, linhas narrativas ficcionais que expandem universos fílmicos, televisivos ou de jogo não têm para mim grande interesse. Mas a Hawken tenho de abrir uma excepção. Não pela narrativa, mas pela espantosa qualidade da ilustração. A história é um arrazoado de ficção científica distópica-militarista que é pouco mais do que uma desculpa para mostrar mechas em batalha. As capas seduziram-me. E o interior, fabulosamente ilustrado num estilo pictórico, deslumbrou-me.

Sem comentários: