domingo, 10 de dezembro de 2017

À Nossa Imagem


Osamu Tezuka nailing it nos idos dos anos 50, em Astroboy. Do mito de Pigmalião aos autómatos medievais, do turco mecânico à Olympia, dos autómatos barrocos às evas mecânicas da ficção, entre o RUR e as sexbots que já podem ser compradas, das tartarugas de Grey Walter (e posteriormente Seymour Papert) ao Aibo, ASIMO e criações da Boston Dynamics. Entre T-1000 e C3PO.

Sem comentários: