quinta-feira, 23 de março de 2017

Desolation Jones: Made In England



Warren Ellis, J.H. Williams III (2006). Desolation Jones: Made In England. Nova Iorque: DC Comics.

Warren Ellis a reduzir-se ao seu essencial. Um anti-herói amoral, que acaba por fazer a coisa certa no final de uma sequência de acções violentas, escapado à normalidade graças a efeitos perversos de experiências científicas secretas. Personagens quase autistas no seu foco específico que auxiliam o herói. Submundos ocultos, onde pululam os soldados e agentes de teorias da conspiração, neste caso específico a cidade de Los Angeles como prisão dourada para ex-operacionais de serviços secretos. Perversos endinheirados, de imoralidade particularmente enviesada, deleitando-se com o mais impensável do escabroso. Mundos que coexistem com a nossa visão de normalidade, mas escapam por completo ao nosso olhar. São tendências típicas deste argumentista, bem exploradas numa aventura cheia de acção cinética de um destroço dos serviços secretos britânicos exilado na cidade dos anjos, contratado por um ex-general da CIA para lhe recuperar o mais precioso dos artefactos da sua colecção de amadas perversões: uma bobine de filme que regista para a posteridade as proezas de Hitler na cama. Um ponto de partida para uma avalanche amoral de violência.

Sem comentários: