segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Comics


Six Pack and Dogwelder: Hard-Travellin' Heroz #05: Aparentemente, autorizaram Garth Ennis a escrever uma série satírica para a DC. O resultado é estes Six Pack & Dogwelder, sobre uma equipa algo bizarra. O super-poder do seu líder, como o nome indica, é emborcar cerveja, e os restantes são ainda mais estranhos. Há um demónio dos infernos que passa o tempo a berrar o seu nome, uma criatura constituída unicamente pelas entranhas do sistema digestivo, acompanhada do marido, um pervertido que tenta constantemente violar qualquer coisa feminina. E, claro, o segundo elemento do título, um soldador que é compelido a soldar cabeças de cães a criminosos, e que só consegue comunicar quando enfia a mão pelo traseiro de um cão morto, que utiliza como marioneta de ventríloquo. Yep, a DC está a publicar isto. É absurdo e hilariante, com Ennis a ridicularizar num humor corrosivo e visceral todas as tropes do género. Este é o tipo de comic capaz de provocar palpitações de sensibilidade chocada aos mais incautos. Afinal, estamos a seguir a viagem de auto-descoberta de um soldador que precisa de enfiar o braço no rabo de um cão morto para poder falar.


Harrow County #19: É por isto que este é o melhor comic de terror actualmente publicado. Suave, subtil, misturando um bucolismo faulkneriano com horror profundo.


The Mummy #02: Pete Milligan a reinventar o terror da Hammer para a Titan? Os velhos filmes de série B das maldições das múmias são aqui actualizados numa história que envolve vítimas de tráfico humano e elites aristocráticas que se mantém imortais sacrificando vítimas adequadas a um processo de mumificação em vida que reencarna, temporariamente, uma sacerdotisa egípcia. É glorificação de série B, o que é que esperam?

Sem comentários: