sábado, 6 de fevereiro de 2016

in medias




Tentem lá tirar sentido desta conjugação, vá, tentem. Recordem-se que o cérebro adora ver padrões onde estes não existem.

Sem comentários: