sábado, 2 de janeiro de 2016

Atmosferas




Algumas das últimas fotos tiradas com o meu fiável Sony Xperia J. Telemóvel que teve um fim condigno graças a uma onda na praia do Rio Cortiço, perto de Óbidos. Long story short, estava deitado na areia a focar as tropelias da minha cadela e não reparei numa onda rasteira. O Xperia até resistiu à submersão na onda (dois dias depois já ligava durante o tempo suficiente para fazer backups de dados), mas aproveitei a ocasião para me oferecer uma prendinha pós-natalicia. Agora o desafio é habituar-me às definições manuais da câmara de 13MP para conseguir os contrastes, efeitos ambientais e luz de que gosto de tentar captar com as reduzidas capacidades da lente de um smartphone. Eu sei, para fazer fotografia a sério é preciso uma máquina fotográfica a sério, mas gosto do desafio da instantaneidade e do explorar os muitos limites das câmaras portáteis que também fazem chamadas. É uma lógica de sanidade duvidosa, bem sei.

Sem comentários: