quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Expanse: Gods of Risk; The Churn.


James S. A. Corey (2012). Gods of Risk. Nova Iorque: Orbit.

Neste conto do universo Expanse somos levados ao Marte da mulher de armas que enfrentou um pesadelo protoplásmico e ajudou a Terra e o capitão Holden a salvar o sistema solar no segundo volume da série. A história foca-se no seu sobrinho, rapaz de grandes perspectivas de futuro mas com uma marcada atracção pelo perigo, que aprende uma dura lição sobre a vida de crime. Dá alguma profundidade a uma personagem importante na série, que se suspeita vir fazer parte do bando de tripulantes da nave Rocinante no próximo volume. Sofre do defeito da série. Mundo ficcional impecável, enredo bem montado, e profunda sensação de tédio.


James S. A. Corey (2014). The Churn. Nova Iorque: Orbit.

Na série Expanse Amos Burton representa o estereótipo do brutamontes com coração de ouro, capaz da pior violência mas fiel seguidor de um código ético muito próprio mas fundamentalmente justo. The Churn é a sua história de origem, mostrando-nos o seu percurso de jovem criminoso de Baltimore a mecânico de naves espaciais. Essencialmente é um mergulho no lado mais negro do mundo ficcional da série.

Sem comentários: