domingo, 11 de janeiro de 2015

aCalopsia: Batman Digital Justice


No aCalopsia, um regresso a um clássico esquecido dos comics. Inaugura uma série de crónicas/ensaios, em estilo de retro-crítica, que recupera algumas bandas desenhadas algo esquecidas. Quando se está mergulhado na intensa blogoesfera (pronto, intensa para os nossos padrões) e a olhar para as constantes novidades, mergulhado no fluxo do novo, há sempre momentos em que olhamos para a estante e e recordamos livros que nos marcaram, que achámos curiosos, cuja leitura nos deleitou ou que merecem ser redescobertos. A inspiração veio da clássica Fantasy & Science Fiction, que terminava sempre com uma secção de curiosidades onde escritores contemporâneos recordavam livros e autores esquecidos. Quando ao Digital Justice, foi uma banda desenhada precursora que merece releituras. Visualmente datada, marca um grafismo característico de época e tecnologia, que hoje se mantém como artefacto histórico. Aponta, com a exuberância típica do cyberpunk, para um futuro nas técnicas de ilustração que hoje é normal e invisível para o leitor. O visual colorido berrante, a pose Max Headroom, recordam a nostalgia de um futuro que prometia maravilhas e distopias, futuro esse que talvez seja o nosso cinzento presente. Também recorda os primórdios de um grafismo digital que se veio a tornar pervasivo e hiperreal. Artigo completo no aCalopsia: Batman Justiça Digital.

Sem comentários: