quarta-feira, 2 de outubro de 2013

The Changing Face of Empire


Nick Turse (2012). The Changing Face of Empire. Chicago: Haymarket Books.

Pelo título, o livro promete uma análise à colisão entre tecnologia avançada e estratégia militar que se reflecte na estética dos drones, guerra cibernética e militarização científica. De permeio fica outra promessa, a de analisar as estratégias obscuras de intervenção imperialista americana no palco global. Mas não chega tão longe. Fica-se apenas por um superficial enumerar de localizações geográficas e considerações sobre a expansão militar americana nas zonas mais pobres do mundo, uma espécie de colonialismo à distância. O problema essencial deste livro é não ser uma obra escrita com um fio condutor mas um coligir de artigos previamente publicados sem que se note grande esforço na colagem das partes.

Essencialmente, uma desilusão a vários níveis. Tenta expor o lado negro do aparelho militar-diplomático norte-americano, mas falta ainda muito que batalhar para chegar ao estilo de Noam Chomsky, expoente máximo deste género de abordagem crítica à contemporaneidade. Para os eternos deliciados com o deslumbre das tecnologias bleeding edge também não há muito sumo a retirar. Nisto o Wired For War do P. W. Singer é mais fascinante no retrato que faz das militarizações tecnológicas.

Sem comentários: