sexta-feira, 31 de maio de 2013

Comics


2000AD #1834: Apesar de estar numa maré fraquinha, a 2000 AD tem sempre bons momentos de banda desenhada. Judge Dredd está com uma história entediante ao estilo de policial procedural, o traço de Ezquerra e o digital simplesmente não combinam em Judge Anderson, Ian Edginton e D'Israeli não convencem em Stickleback e é melhor nem falar de Zombo, a série sobre um zombie futurista que alguém na 2000AD insiste que tem piada. Resta Sinister Dexter, os reis do crime futurista com ramificações em realidades alternativas em ilustrações deslumbrantes.


Batman: The Dark Knight Annual #01: Abre-se a página e de repente parece que regressámos aos anos 90, às primeiras páginas de Arkham Asylum com as inesquecíveis ilustrações de Dave McKean a apontarem novos caminhos gráficos ao género dos comics enquanto acompanham um fortíssimo argumento de Grant Morrison. Este Dark Knight Annual não chega tão longe, mas torna-se interessante pela sua história contida e bem construída ilustrada com um estilo ambiental e difuso que sublinha a clássica soturnidade do Asilo Arkham.


Fury Max #12: Garth Ennis usa o quintessencial herói militarista da Marvel para uma reflexão potente sobre pretextos bélicos, guerras sujas e interesses disfarçados de patriotismo. O tom da série é amargo, distante da cor garrida e espírito efusivo da editora.


The Wake #01: Scott Snyder assina esta nova série da Vertigo que mistura terror e ficção científica. Num futuro próximo, com as cidades invadidas pela subida do nível dos oceanos, é descoberta uma criatura misteriosa numa estação experimental de extracção petrolífera no fundo do mar. Cabe a um grupo de cientistas e um agente governamental deslindar a origem da criatura misteriosa. Ilustrada pelo traço expressivo de Sean Murphy, esta série tem um arranque prometedor.

Sem comentários: