sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Channel Zero


Brian Wood (2012). Channel Zero. Milwaukie: Dark Horse Comics.

Uma genial distopia fortemente inspirada na estética cyberpunk onde uma américa futura se afunda no fundamentalismo da moral e bons costumes. Resta a guerrilha urbana da informação para contrapôr à pressão dos meios de comunicação manipulados e do conformismo como única via possível. Se o argumento é interessante, a ilustração explode numa iconografia de manifesto cultural punk, cru, agressivo e pensado para provocar os neurónios. Espaço urbano, distopia social e a infoesfera colidem num preto e branco de arestas cortantes. Channel Zero foi a primeira graphic novel de Brian Wood, que se distingue correntemente com as séries DMZ e The Massive, formas elegantes de hacktivismo no género comic. Wood apenas se engana na tipologia de distopia. Com a presciência dos primeiros anos do século XXI, podemos observar que foram os fundamentalistas da ganância neoliberal que tomaram conta do poder, subvertendo a liberdade e a democracia para o seu enriquecimento pessoal à custa de todo um planeta.

Sem comentários: