sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Processos


Esboços, guionização e vinhetas de Paulo Monteiro


Processo de pintura digital de Ana Afonso

Um dos pormenores interessantes do Festival Internacional de BD da Amadora foi o destacarem os processos de criação de alguns autores, mostrando guiões, rascunhos, blocos de apontamentos ou capturas de ecrã de tratamento digital. É um importante vislumbre sobre a forma de criar em banda desenhada, sobre os processos mentais dos criadores e as técnicas que utilizam para transformar ideias em imagens no papel. Achei intrigante que Paulo Monteiro use cadernos de linhas para rascunhar (mais práticos? baratos?) e interessante a organização de paletas de cor de Ana Afonso. Noutro indicador destes processos, as pranchas originais expostas de Paulo Monteiro tinham os desenhos a descolar-se... outra forma de mostrar como é composta a página de banda desenhada.

Sem comentários: