terça-feira, 27 de novembro de 2012

Mind maps


A fotografia foi tirada à socapa porque não quis ferir susceptibilidades. Durante a sessão de domingo do Fórum Fantástico fiquei por acaso sentado atrás do escritor convidado deste ano, Dan Wells. Passou boa parte das sessões a trabalhar no seu iPad, pelo que percebi de relance num projecto literário. O que achei muito interessante foi a forma como Wells escrevia: utilizava um enorme mapa conceptual ao qual ia adicionando etiquetas de texto. É o equivalente digital de um quadro coberto de post-its ou notas espalhadas. A fluidez do seu processo de trabalho implica um à vontade com o uso deste género de aplicações que certamente vem de um uso intensivo. Este foi um curioso perscrutar do processo de pensamento e concepção de um autor de thrillers contemporâneo.

Sem comentários: