quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Flanker

Sai um professor incauto do portão da escola e é logo abordado por um aluno.
- Professor, sexta vai estar na escola?
- Claro, meu caro. Tenho aulas.
- É que lhe queria mostrar aqueles mundos que ando a fazer no Minecraft.

E lá lhe expliquei o que é que eu ando a fazer com os mundos que eles criam no Minecraft, e como iram poder aproveitar as suas mirabolantes criações para o trabalho final de TIC - um projecto multimédia que eu ando a encaminhar para a área dos mundos virtuais 3D em VRML/X3D. E que a ideia até tinha inspirado pessoas numa universidade.

- Professor, também já instalei o Doga e o BS Contact. Já estive a fazer uns modelos. Modelei um Blackbird... e olha com ar desconfiado para mim, que passei boa parte da adolescência de nariz enfiado em revistas e livros de aeronáutica, embevecido com a elegância das formas aerodinâmicas avançadas dos aviões de combate - Sabe o que é?
- Claro! Um SR-71, supersónico, infelizmente já não voa... e parei a tempo de assustar o miúdo com intricacias sobre o titânio da construção e outras histórias... - Tens de me mostrar.
- E agora vou fazer um bombardeiro invisível, sabe...?
- Sim, um B2. Mas no Doga se calhar não tens as peças...
- Tenho, se pegar em duas asas e... segue-se uma daquelas conversas sobre criação em 3D que só interessa realmente aos que mexem em 3D.

- E já pensaste modelar um Flanker? Não resisto a terminar a conversa com um desafio.
- Um Flanker? Não conheço.
- É um Sukhoi Su-27. Acho que vais adorar.
- Mas qual é esse?
- Sabes os Mig?
- Claro.
- Os Sukhoi também são aviões russos.
- Ok, professor, quando chegar a casa vou pesquisar! E na sexta trago-lhe os mundos...

Os meus alunos enchem-me de orgulho.

Sem comentários: