domingo, 12 de agosto de 2012

Shocking Futures

Alan Moore (1986). Shocking Futures. Londres: Titan Books.

O ritmo de publicação semanal do comic clássico britânico 2000 AD obriga os argumentistas a uma elasticidade narrativa concisa, capaz de fazer avançar uma história em poucas páginas e manter o interesse do leitor até à semana seguinte. O píncaro dessa disciplina é atingido regularmente pelos Future Shocks, histórias curtas auto-contidas, irónicas e paradoxais que quando bem conseguidas - e normalmente são-no, deixam o leitor a suspirar por mais.

Antes de se tornar a lenda dos comics que é, Moore criou para a 2000 AD séries memoráveis como Skizz e muitos Future Shocks, alguns dos quais coligidos nesta edição. O que esperar? Brilhantismo, ironia, humor negro, ficção científica pura e gosto pelos paradoxos. Não são as alquímicas palavras de um Moore mais maduro, de sentidos múltiplos e preocupações ocultistas, mas divagações livres e algo cruas de imaginação em alta rotação.

Sem comentários: