terça-feira, 22 de maio de 2012

Pelo café

De manhã, com o café, para acordar:
- ouvir a inefável ministra oremos pela chuva Cristas a falar sobre a avaliação da Troika nos próximos dias. Tudo corre bem, de acordo com o previsto, os acordos estão a ser cumpridos, todos os quadradinhos estão riscados. Ainda bem. O país pode estar a decair e a população a empobrecer à velocidade da luz, mas todos os vistos estão certinhos dentro dos quadradinhos. Isso sim, é importante.
- ouvir um comentador económico na RTP a dizer que suspeita que uma das razões do crescimento do desemprego está na contracção do estado. Conclusão lógica: há muita gente a viver à conta do estado. Curioso ter dito isto na estação pública de televisão, que se paga regiamente com fundos públicos, onde certamente recebe vencimento saído... dos cofres do estado, rodeado de material pago pelo estado num edifício construído com dinheiros públicos rodeado de jornalistas principescamente pagos por verbas saídas do orçamento de estado. Pois, se calhar tem razão.

Sem comentários: