domingo, 15 de abril de 2012

Supermarket


Brian Wood, Kristian Donaldson (2006). Supermarket. San Diego: IDW.

A morte violenta dos pais leva uma jovem a mergulhar na distopia futurista da Cidade: paraíso neoliberal onde reina o dinheiro e o domínio de dois cartéis criminosos - a Yakuza e a mafia pornográfica sueca, é total. As desventuras da jovem rapariga às mãos dos criminosos despoletam o desmoronamento dos impérios do crime.



O conceito é interessante mas desenrola-se de forma previsível. Rapariga perde pais, foge dos vilões, encontra aliados inesperados, é apanhada pelos vilões, age corajosamente e provoca o colapso dos maus da fita. The end. Fórmula aplicada. Junte-se pózinhos de distopia, comentário social e o inescapável toque cyberpunk e cozinhe-se em quatro edições.



Com argumento formulaico quanto baste, é na ilustração que este comic literalmente explode em cores vivas, semi-definidas, como um borrão de néon multicolor. Um regalo para os olhos.

Sem comentários: