sexta-feira, 28 de abril de 2006

Blackstar

Photobucket - Video and Image Hosting
XB-70

encyclopedia astronautica | Blackstar
Aviation Week | Two-Stage-to-Orbit 'Blackstar' System Shelved at Groom Lake?
Blackstar - A False Messiah from Groom Lake
Six blind men in a zoo: Aviation Week’s mythical Blackstar

Isto é mais rumor do que facto, mas a Aviation Week, uma das mais lidas revistas de aviação e aeronáutica, publicou um artigo que promete desvendar um segredo militar bem guardado: a existência de uma aeronave capaz de voos orbitais lançada a partir de uma plataforma de voo supersónico. A ser verdade, esta história revolucionaria a história dos voos espaciais tripulados.

O projecto Blackstar teria sido a conclusão lógica dos estudos sobre voos orbitais tripulados levados a cabo dos anos sessenta em diante, e previa uma nave espacial lançada a partir de uma modificação de um XB-70 Valkyrie, um protótipo de bombardeiro supersónico que foi cancelado após os primeiros voos de teste. O veículo beneficiaria de avanços na tecnologia de propulsores e seria capaz de aceder ao espaço com um mínimo de preparação. O avultado investimento para obter uma máquina secreta com essas capacidades teria vindo dos fundo destinados ao NASP (um scramjet com capacidade de voo orbital cancelado por exigir tecnologias ainda por desenvolver) e ao A-12 (um bizarro projecto naval de avião stealth que se assemelhava a um triângulo voador).

Infelizmente tudo aponta para que o Blackstar não passe de lenda. Sabe-se que projectos de aeronaves do mesmo género foram desenvolvidos nos EUA e na União Soviética (o Mig 105) mas nunca passaram de projectos, afundados pelos elevados custos das tecnologias envolvidas. Outros sinais há de que a história é pouco convicente: o carburante hipotéticamente utilizado pelo Blackstar é tão tóxico que é considerado arma química; a física dos voos hipersónicos é implacável, como se demonstra pelas dificuldades em desenvolver a tecnologia scramjet; e, sendo o Blackstar uma nave espacial funcional, para que é que os americanos gastavam dinheiro com os voos do vai-vém espacial, que não é conhecido pela sua eficiência, se dispunham de melhor tecnologia?

Para além disso, a Aviation Week é conhecida pelos seus artigos sobre aviões ultra-secretos que nunca existiram, como o famoso Aurora.

Mesmo assim, e teorias da conspiração à parte, histórias como esta despertam a curiosidade e o interesse. E isso, em si, torna este fait-divers em algo de valioso.

Sem comentários: