domingo, 8 de agosto de 2021

URL

Esta semana, destacamos a predição de conflitos via análise da edição de ficção literária, lançamentos de banda desenhada e grandes momentos da informática na televisão. Fala-se de metodologias de introdução da informática na educação, das agruras do Windows 11, e de robots de estimação. Ainda se reflete sobre iconografias e significados do 3D, paradoxos da Roma antiga, e da estrada montenegrina para nenhures. Outras leituras vos aguardam, nas Capturas da semana. 

Ficção Científica e Cultura Pop

Al Williamson, 1978: Elegância clássica.

‘At first I thought, this is crazy’: the real-life plan to use novels to predict the next war: Usar as estruturas antecipatórias da Ficção Científica para especular sobre futuros é algo bem conhecido. Este projeto usou outra vertente: analisar as tendências de edição de literatura mainstream para antecipar resvalos para a violência em países. Por exemplo, correlacionando um crescendo editorial de romances de temática nacionalista com a irrupção de violência étnica num país.

7 Tales of Smart Homes Gone Horribly Awry: Medos do que pode correr mal com casas inteligentes, na verdade, até precedem o corrente fascínio com IoT.

Lançamentos: O Mercenário #1 e #10: Certo que é um clássico da BD, cuja estética me fascinou na adolescência, mas será mesmo necessária uma reedição? Ela é bem vinda, mas tempo que por vezes o foco no mercado da nostalgia impeça que cheguem ao mercado editorial outras novidades.

The Writers Trying To Save The World Through Fiction: É curioso que este artigo se farte de falar de livros que especulam sobre possíveis futuros sem usar o termo ficção científica. Foi proeza, criar esta prosa evitando o tema central enquanto se fala de escritores que usam a especulação para despertar consciências para os problemas ambientais. É, literalmente, uma bem conhecida e atual vertente da FC.

Andy Weir, a FC como comunicação de ciência: Confesso que ainda não li, mas esta recensão é entusiástica, dando a entender que o novo livro do surpreendente e inesperado The Martian vale a pena ser lido.

The Soft Radicalism of Erotic Fiction: Ficção erótica não é bem o lugar onde esperamos ver a capacitação da mulher. Mas depende de quem a escreve: no caso dos romances de Jackie Collins, a típica fantasia masculina foi substituída por personagens femininos fortes, que não tinham medo de assumir as suas capacidades e sexualidade.

Vincent Di Fate: Outros mundos.

Watch TV's stupidest "hacking" scene ever: Diga-se que este tipo de séries televisivas, policiais procedimentais banais e estereotipados, não são nenhum portento de genialidade. Mas de facto, esta cena é das visões mais idiotas sobre uso de sistemas informáticos.


1976 cover for ‘Real-Time World,’: Mundos fantásticos.

Warren Ellis Issues Statement Accepting So Many Of Us Website's Offer: Se os comportamentos sexuais predatórios levados a cabo por pessoas em lugares de poder expostos pelos #metoo são censuráveis (no mínimo) e inaceitáveis, por vezes este tipo de movimentos tem aspetos arrepiantes. O caso de Warren Ellis é um desses, há cerca de um ano fomos surpreendidos com uma denúncia concertada de diversas artistas com que trabalhou, perante as quais Ellis teria tido comportamentos menos próprios. A surpresa foi grande porque Ellis não se encaixa bem na visão do homem aproveitador - as personagens femininas que escreveu para os seus comics e livros eram sempre fortíssimas, por exemplo, e a sua imagem pública oscilava entre o futurismo arrojado e um certo surrealismo de ideias. Mas, entre imagem pública e comportamentos pessoais há sempre distâncias, embora os comportamentos descritos pelas suas vítimas se aproximem mais das manobras de um Casanova do que exploração sexual, mas o século XXI é inesperadamente puritano e ser libertino hoje é arriscado. Mas isso é debatível. O que realmente me assusta neste tipo de situações é a forma acrítica como aceitamos que um grupo decida assumir o manto de prejudicado, juiz, júri e executor - no caso de Ellis, o grupo de acusadoras sempre afirmou que desejava oferecer-lhe um "caminho de redenção". Claro que o autor foi cancelado, claro que um dos gigantes dos comics desapareceu de um dia para o outro. E ninguém se atreveu a defendê-lo, os restantes criadores sabem bem o poder que estas tweetstorms têm de acabar com uma carreira de um dia para o outro. Este tipo de situações deveria resolver-se em tribunais. É para isto que as leis servem, para que a justiça não fique nas mãos de grupos específicos (mesmo que tenham sido vitimizados). 

Tecnologia

AI And The Mystery Of Consciousness: Um longo e intrigante ensaio sobre inteligência artificial, simulacros, lingagem, e essencialmente sobre a forma como os correntes algoritmos de processamento linguístico parecem ter colocado no domínio da informática a linguagem, algo que considerávamos exclusivamente humano.

Introdução à informática na educação (programação em particular): Um conjunto de recursos muito interessantes sobre contextos e lógicas de utilização de informática na educação, entre dados científicos e visões de integração. O objetivo, ajudar quem trabalhar nestes campos a pensar a informática não como um utensílio, mas uma ferramenta de capacitação pessoal.

Windows 11 com Teams integrado faz recear regresso às velhas tácticas da MS: O Aberto Até de Madrugada espelha exatamente o que pensei quando comecei a ler sobre as inovações trazidas pelo windows 11. Confesso que a ideia de ter o Teams, esse cancro de utilidade duvidosa (a sério, não consigo ver aquilo como pouco mais do que um clone manhoso do Slack), incorporado no sistema operativo me parece um pormenor irritante. Mas há mais coisas que me deixam muito reticente quanto à nova versão do Windows.

Windows 11 Home will require a Microsoft account and an internet connection at setup: Como, por exemplo, esta - requerer uma conta Microsoft para ser instalado. O Win10 já andava por esses caminhos - criar contas de utilizador local num PC é uma dor de cabeça intencional, um exemplo de dark pattern que complica a vida aos utilizadores para os levar a adotar o comportamento desejado pela empresa. O 11 assume isso por completo. Questão: não haverá aqui violação de privacidade e dados pessoais? Temos mesmo de ser obrigados a registar-nos como utilizadores microsoft para poder usar algo tão elementar como um sistema operativo? 

La gran sorpresa de Windows 11 no es su diseño, es la llegada de las aplicaciones Android a su tienda: Esta é inesperada, a integração de apps android no Windows. Qual será a lógica? Recentrar no PC um mundo de computação que está cada vez mais a dispersar-se para plataformas móveis?

Hospitals are selling treasure troves of medical data — what could go wrong?: Sempre que clicamos num link e lá aparece a inevitável notificação de permissão de dados ao abrigo do RGPD, pensamos, "bolas, que empecilho de legislação, para que é que ela serve". Pensamos isso porque, novamente, dark patterns e criação intencional de obstáculos para levar os utilizadores a fazer algo que não lhes é conveniente, ou, no caso, criar a ideia que o RGPD é um empecilho e não uma legislação europeia concebida para proteger os cidadãos da economia digital predatória. Quando se perguntarem para que é que serve o RGPD, não precisam de ir mais longe do que este exemplo, de instituições médicas que lucram vendendo os dados dos seus pacientes a empresas.

AI Helps Restore the Missing Pieces of a Chopped-Up Rembrandt: Confesso que não sabia que o clássico Ronda da Noite tinha sido mutilado para caber na sala onde foi originalmente colocado. Agora, com a contribuição de inteligência artificial, podemos saber como era o quadro tal como foi originalmente pintado.

Nvidia’s Canvas AI painting tool instantly turns blobs into realistic landscapes: Com esta ferramenta, podemos usar o poder da GauGAN para gerar imagens realistas. Literalmente, uma GAN no nosso computador. Mas confesso que estou triste: esta primeira versão da Canvas apenas correm em computadores que tenham placas gráficas Nvidia dos modelos RTX. Talvez numa próxima versão já seja possível usar outras placas?

Deep Science: Keeping AI honest in medicine, climate science and vision: Afinar o treino de algoritmos, focando no rigor dos dados, para minimizar o potencial de erros.

Amazon is reportedly using algorithms to fire Flex delivery drivers: O que não surpreende. O que arrepia nesta notícia é a forma desumanizante como a gigante da distribuição encara da sua força laboral, como conjuntos de métricas parametrizadas.

A Modern Take on the “Luggable” Computer: Redefinindo o conceito de computador portátil.

Why Robopets Will Never Be Real Enough: Resposta rápida, porque por muito que evoluam, serão sempre simulacros de vida. Algo que um animal de estimação, com a sua imprevisibilidade e traços de personalidade, não é. O que não quer dizer que robots deste tipo não sejam conceitos interessantes. Mas o seu interesse e potencial não estão na eventual substituição dos animais vivos, mas sim nas novas vertentes que nos permitem explorar.

Cable Provider Altice Cuts Upload Speeds by 86%...Just Because It Can: Não é um exemplo do mercado português, mas nós por cá também temos outras situações estranhas, como a cartelização das operadoras em termos de preço e oferta de largura de banda. Mas este exemplo americano é... inacreditável. Face à oferta medíocre dos seus concorrentes, uma operadora decide... tornar os seus serviços igualmente medíocres. Yep, é mesmo assim que as leis do mercado e concorrência não são supostas de funcionar.

RIP Pepper the Robot (2014-2020): Um adeus a um dos mais influentes projetos de robótica amigável. A Softbank irá deixar de fabricar os adoráveis Pepper. Recordo-me de ter observado a interação destes com crianças, que reagem às formas suaves do robot com palpável interesse e deslumbre.

SMART Response XE Turned Pocket BASIC Playground: Mais um daqueles usos inesperados de tecnologias - hackear um dispositivo de respostas Smart Response para correr um ambiente de programação Basic. E que dispositivo é este, perguntam-se? Se forem professores, sabem a resposta: um teclado com ecrã, usado em salas de aula como forma de input integrado para avaliação digital em tempo real.

Modernidade

RGBFAQ – From Bell Labs to synthetic datasets and the new ‘technical debt’: Um intrigante ensaio visual, que cruza estética, história da computação e uma análise muito profunda das tecnologias de imagem 3D. Faz uma ponte inquietante. O desenvolvimento de tecnologias 3D foi feito recorrendo ao tipo de dados que é perfeito para treino de algoritmos de aprendizagem automática. Muitos algoritmos usados no mundo real foram treinados usando simulações, numa vertente que derruba as fronteiras entre real e simulacro.

Using Design Thinking As A Process To Solve Bigger Problems: Uma metodologia de análise criativa transdisciplinar que pode ser usada em múltiplos contextos.

The Team Resurrecting Ancient Rome's Favorite Condiment: A que é que sabia o garum, o tempero favorito dos romanos e que teve em Tróia (Setúbal, não Ilíada) um dos seus principais centros de produção? Um grupo de especialistas que inclui arqueólogos e cozinheiros está a tentar recriar o sabor milenar, e consta que o podemos provar nas lojas Can the Can.

Da História de Roma Antiga: Rever a história de Roma, e perceber que o nosso fascínio pelo antigo império assenta mais em mitos e auras do que na realidade histórica.

Colosseum underground opens to the public: Assinalar na lista de coisas a fazer quando se puder voltar a viajar - visitar os subterrâneos do Coliseu.

Japanese Police Arrest Three People for Uploading 'Fast Movies' on YouTube: Destaco esta história pelo conceito de resumo rápido de filme. Sejamos honestos: na esmagadora maioria dos filmes que são produzidos, o melhor mesmo, o que vale a pena ver, são os seus trailers. Esta curiosa forma de pirataria segue o mesmo princípio...

Military Report Says Space Force Must Prepare for Moon Warfare: Bem, afinal a força espacial americana anda a pensar em ir mais além da LEO.

Pentagon Report: Some UFO Sightings Can't Be Explained With Current Science: O que não quer automaticamente significar alienígenas. Há outras explicações prováveis, entre tecnologias desenvolvidas por outros países mas ainda secretas, a fenómenos atmosféricos.

Uma noite em Lisboa com a PSP,: uma corrida do gato e do rato para controlar os mais novos: Um vislumbre da noite lisboeta em tempos de pandemia, entre a necessidade de manter as regras e restrições, e as pulsões de pessoas que estão compreensivelmente fartas do isolamento.

How Far Can Civilization Go?: Uma visão da possível evolução da civilização humana.

Pierre Lévy: “Aunque muchos no lo crean, ya éramos muy malos antes de que existiera internet”: Pois, de facto. Levy mostra bem que apesar dos eternos discursos de como a internet revela o pior das pessoas, a sua estupidez, acintosidade e ódios, isso na verdade sempre aconteceu. Como observa, brutalmente, os grandes genocídios do século XX não precisaram de redes sociais digitais. Uma entrevista interessante, que não se fica por esta questão, e nos fala dos impactos sociais das tecnologias.

The whitewashing of Rome: Do aproveitamento da história romana por parte das forças obscurantistas. Que mitificaram uma visão que não corresponde à realidade histórica. Digamos que os tons de pele romanos não eram tão alvos quanto os do mármore das estátuas.

The untold story of the big boat that broke the world: O tristemente famoso Evergreen continua encalhado no canal do Suez. Felizmente, já não a obstruir a via marítima. Os bloqueios agora são legais, com disputas entre o governo egípcio, os operadores e armadores do navio, seguradoras e os clientes finais da sua carga. É interessante de ler pelo vislumbre que nos dá dos sistemas complexos mas pouco visíveis que formam a infraestrutura do comércio global.

Check the Sonic: Podemos sempre contar com o BLDBLG para nos fazer pensar de formas inesperadas. Como, por exemplo, analisar os animais que surgem em pano de fundo de filmes como forma de rastrear a expansão de espécies invasivas.

Highway To Nowhere Drives Entire Country Deep Into Debt: Literalmente, uma estrada para nenhures, e um exemplo de como não fazer investimento em infraestruturas. Também, um exemplo dos jogos geopolíticos da iniciativa chinesa da nova rota da seda.

Sem comentários: