domingo, 12 de agosto de 2018

URL



Over 1,000 puppets were built for Wes Anderson's new stop-motion movie "ISLE OF DOGS: O mais recente filme de Wes Anderson é a sua habitual delícia narrativa e estética. Em termos técnicos, envolveu um uso espantoso das técnicas de animação stop motion.

Data-mining medieval text reveals medically bioactive ingredients: Entre a medicina e as humanidades digitais. Análises de dados retirados de receituários medievais revelam princípios ativos e propriedades curativas das substâncias usadas na medicina da idade média.

Deserts, Screens, and Empty Smiles: The Vast Wastelands of Jean Baudrillard’s ‘America’: Um americano redescobre a América sob o olhar de Baudrillard.

Fábula da Academia do século XXI: Crítica acutilante de Nelson Zagalo à forma como o neoliberalismo e as forças de mercado modelaram a academia. Deixou de ser local de partilha e construção de conhecimento para se tornar uma fábrica de artigos, onde a métrica conta mais do que a qualidade do seu conteúdo.

Afirma Pereira: Recensão de Pedro Cleto à edição portuguesa da adaptação do romance de Antonio Tabucchi para banda desenhada, editada pela Levoir. Livro a manter na lista de aquisições.

How Facebook’s Rise Fueled Chaos and Confusion in Myanmar: O que é que acontece quando se mistura uma população habituada à censura nos media, crescimento explosivo da internet e fluxos não filtrados de informação nas redes sociais? Um ambiente aceso de violência sectarista, alimentado por posts inflamatórios partilhados numa rede social, cujos detentores minimizaram de tal forma o problema que durante anos só dispunham de um ou dois funcionários fluentes na língua do país para analisar potenciais mensagens incitadoras ao ódio e à violência: "During the decades of military rule, the country lacked a free press and the junta operated largely in secret—the military changed the country’s flag and moved the capital with almost no prior warnings—people in Myanmar had spent decades reliant on state-run propaganda newspapers, parsing opaque military announcements for what was really happening. The arrival of Facebook provided a country with severely limited digital literacy a hyper-connected version of the country’s ubiquitous tea shops where people gathered to swap stories, news and gossip". Um problema exacerbado pelo facto de, para a maioria dos utilizadores, que acedem à internet apenas em dispositivos móveis, os conteúdos partilhados no Facebook serem a sua principal fonte de informação.

Quando as redes sociais começaram a mostrar o seu impacto, analistas e investigadores saudaram-nas como uma nova era de transparência na informação, especialmente em zonas do mundo onde o acesso à informação é restringido. Combinado com o potencial organizativo e o dar voz a cada um dos seus utilizadores, as redes sociais prometiam ser uma ferramenta poderosa de mudança social positiva. Anos depois, assistimos ao seu oposto, com o pior do comportamento humano a ser espelhado nas redes, incitando ao ódio e isolando utilizadores nas suas bolhas de informção, que reforçam viés cognitivos.



The CGI of 1985: É tudo vintage neste artigo, desde a animação digital ao sexismo ridículo inerente à ideia de usar uma mulher de lata para convencer os espetadores da qualidade dos produtos enlatados. Como animação 3D, é um feito fantástico, e tão interessante como o artefato digital é o curto documentário sobre o seu processo de conceção, que o Weird Universe partilha.

A Ilha do Corvo que Venceu os Piratas (16): Não sei se a o livro de BD que dá ponto de partida a este artigo é interessante (pessoalmente, sou um bocado crítico das BDs institucionais, com a estética cooptada pelos gostos das instituições), mas vale a pena ler o artigo para se perceber como se faz um livro, detalhando o trabalho da gráfica.

Europe Is Running Low on CO2: Aparentemente, a redução do CO2 pode representar um problema. Não o seu nível na atmosfera, infelizmente. O dióxido de carbono é um elemento fundamental na produção de comida e bebida (pensem no gás das imperiais), sendo produzido como sub-produto da indústria dos fertilizantes. Esta segue os ritmos sazonais dos agricultores, e está dependente das flutuações do preço do gás natural. A combinação de aumento de preço do gás, que não incentiva à produção de fertilizantes, e aumento de consumo de bebidas gaseificadas graças ao mundial de futebol, está a causar falta de CO2 para fins alimentares. Mais do que a ideia deprimente de dificuldades na produção da cerveja que sabe mesmo bem tomar numa esplanada ao sol estival, este problema mostra o quanto as cadeias de produção estão interdependentes. Uma pequena falha num ponto leva a um problema grave noutro.

Human labor is propping up some companies’ fake AI software: Turco mecânico, versão 2.0? A credibilidade das tecnologias de inteligência artificial é posta em causa por empresas que comercializam o que dizem ser algoritmos de IA, mas que na verdade são processados por humanos. Há uma forte ironia na ideia de pessoas serem contratadas para fingir serem chatbots... algoritmos que supostamente substituem pessoas no atendimento à distância via chat.

The deep roots of writing: As teorias sobre o surgimento da escrita apontam para o papel dos estados na sua invenção. É a burocracia que necessita de registos, e daí a evolução da escrita. Mas, e se estes tivessem adaptado sistemas visuais ritualistas, de base religiosa e mágica? Não no sentido obscurantista, mas na possibilidade de os primeiros sinais escritos terem surgido como parte das religiões, e apropriados por aqueles que desenvolveram a escrita como forma de organizar, transmitir e arquivar informação.

Watch these film scenes inspired by famous paintings: A relação iconográfica entre pintura e cinema, evidenciada por cenas de filmes que se inspiram diretamente em quadros.

Welcome to the Highly Probable World of Improbability: A banalidade improvável da improbabilidade.



Fiske’s Reading Machine was a pre-silicon Kindle: Um artefacto de leitura mecânica pré-digital, mais um na linhagem de evolução do conceito de portabilidade dos livros, que deu origem nos nossos modernos ebooks.

Gigapixel timelapse captures a day in the life of London: A cidade de Londres retratada num timelapse criado por câmaras gigapixel.

Thermal Crime Wave: Efeitos das alterações climáticas no crime. Uma vaga de calor dificulta o trabalho das tecnologias de deteção térmica.

Buried by the Ash of Vesuvius, These Scrolls Are Being Read for the First Time in Millennia: Ler o ilegível, graças a tecnologias avançadas. Avanços na imagiologia com acelaradores de partículas começam a permitir que se observe, de forma indireta, o texto contido em rolos de pergaminho preservados na lava que destruiu Pompeia e Herculano. A técnica é complexa e envolve algoritmos de IA capazes de descodificar informação espacial, permitindo ler em 3D o texto em papiros enrolados. A promessa de resgatar textos da antiguidade clássica do esquecimento é enorme.
 

Exposição de fascículos de aventuras editados em Portugal: A três vinténs, recordando a ficção pulp que se editava em Portugal e fazia as delícias dos leitores do princípio do século XX.

The Weird, Ever-Evolving Story of DNA: A história do ADN, que não surpreende por ser complexa, cheia de elementos intrigantes que desafiam o conhecimento científico.

Do You Like ‘Dogs Playing Poker’? Science Would Like to Know Why: A psicologia do gosto pela arte, a ser dissecada pelos cientistas. Intrigante, o estudo sobre as reações dos espetadores a obras de arte criadas por meios artificiais, cujo sentimento generalizado de rejeição é mitigado se se visualizar um braço mecânico a desenhar. Quem frui da obra de arte, gosta de sentir que houve faísca do criador na sua conceção.

“I Was Devastated”: Tim Berners-Lee, The Man Who Created The World Wide Web, Has Some Regrets: O criador da WWW não está contente com a forma como a sua criação tem sido desenvolvida, e procura novas formas de devolver a web aos seus utilizadores: "“We demonstrated that the Web had failed instead of served humanity, as it was supposed to have done, and failed in many places,” he told me. The increasing centralization of the Web, he says, has “ended up producing—with no deliberate action of the people who designed the platform—a large-scale emergent phenomenon which is anti-human.”

One Terabyte of Kilobyte Age Photo Op: Vou assumir que o gatinho, por esta altura, já esteja mais do que morto. Tal como o Geocities, o primeiro grande website criado a partir dos contributos individuais dos utilizadores que criavam lá as suas páginas. Um recordar dos deliciosamente farsolas primórdios do webdesign.

A loucura do 3D Printing:  A limpar antigos artigos guardados no arquivo de feeds do Feedly, dei com este artigo de 2013 do Virtual Illusion, sobre os primeiros impactos da impressão 3D. Nessa altura, eu não imaginaria que iria ser um utilizador desta tecnologia, e, se me permitirem o convencimento, formador e dinamizador influente no domínio do 3D na educação. Quanto à tecnologia em si, já passámos a fase do deslumbre, e começa a normalizar-se.

A homeostase como base do todo, do Big Bang à IA: Uma crítica forte e bem sustentada ao mais recente livro de António Damásio.

This nonsense of earning a living: Nos anos 70 do século XX, Bucminster Fuller defendia o fim do trabalho face à prosperidade gerada pelo progresso tecnológico. Quase cinquenta anos depois, com a tecnologia a gerar ainda mais riqueza, discutir alternativas de organização social fora dos limites do capitalismo neo-liberal continua a ser tabu.

Steve Ditko’s Ordinary People: Normalidade, a característica que torna o Homem-Aranha, criado por Steve Ditko. Esta lenda dos comics faleceu recentemente, deixando-nos um legado visual extraordinário. Pessoalmente, sou fã do psicadelismo das suas ilustrações para Doctor Strange e histórias soltas na Creepy.

How Vertigo foreshadowed ‘catfishing’, AI and #MeToo: Não de forma direta, claro, mas alguns dos pressupostos narrativos do clássico filme de Hitchcock são curiosamente apropriados à nossa era, em que interagimos em espaços virtuais, onde é fácil sermos enganados por perfis falsos e acreditar em fatos inexistentes.

Sem comentários: