segunda-feira, 26 de junho de 2017

Comics


Batman #25: O Joker, de regresso às páginas da revista, após a sua eliminação com extremo prejuízo por Scott Snyder. Mas o Joker de Tom King não sorri, e está no passado. The War of Jokes and Riddles, que irá opor violentamente estes dois vilões, promete. Resta saber se, e quando, este personagem será ressuscitado para a continuidade de Batman. No mundo dos comics, as mortes das personagens icónias são sempre relativas.


Letter 44 #034: É com alívio que esta série chega ao fim. Letter 44 tinha uma excelente premissa, a descoberta de uma nave alienígena nos limites do sistema solar, e todas as conspirações governamentais que ocultavam o facto de todos. Enquanto na Terra um novo presidente americano herdava um legado de aparente violência, criado pelo seu predecessor como forma de desenvolver tecnologias e endurecer os militares para enfrentar o que imagina ser uma invasão alienígena, uma missão espacial aproxima-se da nave extraterrestre. O primeiro contacto é violento, mas não da forma que se espera no contexto tradicional de invasão. Estavam montados os ingredientes para uma boa história, o que a série conseguiu durante uma boa temporada. Entretanto a história tornou-se convoluta, arrastou-se, percebeu-se que estava a ser vítima do sucesso. Finalmente desenlaçou-se, com um final apropriadamente catastrófico. Afinal, toda a aparente invasão era apenas uma arma de defesa extraterrestre contra uma ameaça milenar, despoletada por uma experiência com uma esfera de dyson que correm muito mal, e soltou pela galáxia um mortífero asteróide que aniquila civilizações por onde passa. Tudo o que os extraterrestres querem é corrigir o erro que cometeram, mas não será ainda a Terra a ser o ponto final da trajetória do asteróide. Devo dizer que achei delicioso Charles Soule, o argumentista, atrever-se a encerrar a história com o desespero da extinção completa da humanidade.

Sem comentários: