segunda-feira, 12 de junho de 2017

Comics


Batman #24: O argumentista Tom King tem sido muito explícito a explorar a relação intuída entre Batman e Catwoman, que tem sido sempre daquelas químicas mantidas em suspense na história do personagem. Agora, dá um passo estilo Homem-Aranha (recordem-se do evento casamento do Homem Aranha) e dá-nos isto. É o mundo dos comics, um super-herói e uma super-vilã, Batman tem sempre de ter uma vertente sofredora e grimdark, sabemos que não vai acabar bem. Mas King tem sabido criar boas histórias, sem fugir ao estilo clássico do personagem. Vamos ver por onde ele levará agora este título.


The Divided States of Hysteria #01: Assassinos em série, criminosos, transsexuais, agentes de um estado de perpétua vigilância e terroristas islâmicos. Chaykin está de regresso com o seu estilo pessoal e obsessões peculiares, num título que, como confessa no final deste episódio, pensava ser absurdo mas, entretanto, a administração Trump aconteceu...


The Unsound #01: Mantendo o excelente Harrow County na Image, Cullen Bunn explora outras vertentes do terror na Boom! Studios. Neste novo título, leva-nos aos horrores que se alimentam da loucura palpável dos pacientes de um asilo de lunáticos. O arranque da série foi subtil, como é habitual neste argumentista, que prefere as ambiências progressivamente opressivas ao simplismo do impacto do terror chocante.

Sem comentários: