domingo, 6 de julho de 2014

De onde partem os cacilheiros





Cacilhas. A ver a minha querida Lisboa da outra margem do Tejo, rio que se os meus planos não falharem irei neste verão perseguir até Toledo.

Sem comentários: