quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Gravel

Quando Warren Ellis se dedica à fantasia mágica surge algo como Gravel: um mago de combate, treinado pelos SAS para missões secretas, tão eficaz com uma arma de fogo como com um encantamento. Individualista, rude, violento e de origens proletárias, os pontapés que levou na vida tornaram-no céptico e paranóico. Sabe que faz parte de um clube de elites que vêem com maus olhos o poder de alguém que consideram socialmente inferior mas recusa a submissão do status-quo perante os seus superiores. Conceitos de bem e mal  resumem-se a difusas tonalidades de cinzento. Esta é uma espécie de inversão total do popular Harry Potter, com um lado negro e visceral que está em contraste directo com a popularidade da fantasia envolvendo magos adolescentes em mundos ficcionais luminosos onde as tradições são simpáticas âncoras morais e a dualidade bem/mal está perfeitamente definida.


Warren Ellis (2005). Gravel Vol. 1: Bloody Liars. Rantoul: Avatar Press.

Regressado de uma missão sangrenta no Afeganistão, Gravel descobre que foi indevidamente substituído no círculo de magos conhecido como sete menores: sete indivíduos de grande poder com autorização para intervir no mundo real. Ao insulto da expulsão indevida junta-se a ameaça de um manuscrito secreto, dividido entre os sete magos, cujo poder oculto ameaça a estrutura da realidade. Sem outra escolha, o mago de combate elimina sistematicamente os magos restantes, um por um, sem piedade por um grupo elitista que nunca viu com bons olhos a sua integração.


Warren Ellis (2009). Gravel Vol. 2: The Major Seven. Rantoul: Avatar Press.

Depois dos sete menores chega-se aos sete maiores. Após eliminar os magos menores Gravel é contactado pelo líder dos elusivos sete magos maiores, entidades poderosas, invulneráveis nos seus locais de poder, que vigiam a Inglaterra mas que não se imiscuem nos assuntos terrestres. Após a morte misteriosa de um dos seus elementos, há uma vaga no grupo... e Gravel é induzido contra a sua vontade. Como mais novo elemento e o único que detém street smarts Gravel é encarregue de tentar descobrir quem eliminou o elemento assassinado e reconstituir os sete magos menores. Nada ingénuo e desconfiado, Gravel encontra forma de eliminar com extremo prejuízo os supostamente invulneráveis magos e encontra um grupo de inadaptados com poderes mágicos capaz de assegurar um novo grupo interventivo.


Warren Ellis (2006). Gravel Vol. 3: The Last King of England. Rantoul: Avatar Press.

Tendo eliminado os sete magos maiores, Gravel encontra-se na pouco invejável posição de ser o maior dos magos em Inglaterra. Inevitavelmente atrai a atenção de um departamento secreto do governo britânico que o coloca no rasto de um assassino em série com poderes mágicos cuja derrota final custa a Gravel os seus arquivos e os jovens magos que recrutou para o grupo dos sete menores. No final, a caça ao assassino é revelada como uma conspiração elaborada levada a cabo pelos agentes secretos que, defensores do status-quo instituído, não toleram que um filho da classe proletária se torne o mago supremo da aristocrática Inglaterra.

Sem comentários: