segunda-feira, 27 de maio de 2013

Comics


Atomic Robo Real Science Adventures #08: Já conhecem as aventuras de Atomic Robo? Se não, do que é que estão à espera? Bem humoradas, deliciosamente retro e ilustradas num estilismo muito bem conseguido, as peripécias de Atomic Robo deslumbram num dos mais interessantes comics independentes da actualidade. A criação do Dr. Tesla já enfrentou robots nazis, mechas nipónicos futuristas que se recusam a acreditar no fim da II guerra, ameaças lovecraftianas que atravessam o tempo, entre outras ideias de sanidade questionável. É puro divertimento assegurado.


Dia de los Muertos #03: O trabalho expressionista do ilustrador Riley Rossimo chegou ao palco dos comics de massas através do estranho Bedlam. Trabalha agora numa série da Image onde ilustra pequenas histórias inspiradas na mitologia mexicana do dia de finados. Neste Dia de los Muertos qualidade gráfica está assegurada, a narrativa nem por isso, mas por vezes deparamo-nos com pérolas, como esta sequência apocalíptica conceptual e visualmente inspirada no trabalho clássico de Jack Kirby. Há que adorar os pequenos pormenores, como aquele next: seguido de espaço branco a finalizar.


MindMGMT #11: Este comic é o filho bastardo de John Le Carré e Jorge Luis Borges. Matt Kindt joga brilhantemente com o surrealismo das histórias de espionagem. Num mundo composto de enganos deliberados, obscurantismo manipulativo e ilusões conceptuais nada é que parece, nem as próprias aparências.


Doctor Who #09: Sim, tenho um lado whoviano, e depois? Não preciso de fazer grandes rodeios explicativos. Basta-me mostrar-vos... o B-29 a vapor que voa nos céus de uma realidade alternativa em duelos aéreos com sauróides alados. Hibridização divertida, que mais se pode pedir?

Sem comentários: