sábado, 29 de dezembro de 2012

Vimanarama


Grant Morrison, Philip Bond (2005). Vimanarama. Nova Iorque: DC Comics.

Uma boa dose de demência ao estilo inconfundível de Grant Morrison às voltas com uma interpretação muito livre dos mitos hindus. Em Vinamarama, Morrison liberta acidentalmente no planeta antigos demónios das epopeias hindus e as únicas forças capazes de os travar são encarnações tecnológicas das divindades. O caminho é intrigante. Morrison trata os mitos como interpretações de visões de alta tecnologia por parte daqueles que as vêem como magia, mas fá-lo num estilo leve e bem humorado. Vimanarama oferece-nos forças devastadoras da antiguidade à solta pelo mundo, delírios psicadélicos e uma radiosa utopia pós-humana. Tudo servido em cores brilhantes com um toque da estética de bollywood.

Sem comentários: