segunda-feira, 2 de abril de 2012

Scooped.

Pronto, aderi ao Scoop.it. Tinha uma certa desconfiança deste tipo de serviços web que alinham links colectados de forma bonitinha, mas percebi finalmente que este é uma boa alternativa ao defunto, saudoso e utilíssimo Del.icio.us. Já me fazia falta um serviço para arquivar os links relevantes que apanho nas redes da internet, e a partilha de links via facebook é altamente redutora - só chega a quem faz parte da lista de amigos, e é de gestão inexistente. Quantas vezes não andei pela minha timeline em busca daquela informação que seria tão útil...

Decidi organizar o meu scoop.it em quatro tópicos: F_C recolhendo ligações sobre ficção científica, Research_topic com ligações relevantes para os meus domínios de investigação (educação, tecnologia e vrml/x3d), Utilidades, com coisas úteis mas por vezes um pouquinho g33ky, e Outbreaks of Futurity com ideias, artigos, coisas intrigantes que surgem e nos fazem pensar no futuro, quer social, tecnológico ou histórico... do retro-futuro à bleeding edge cientifico-tecnológica.

E quanto ao Pinterest... andei por lá umas horas. Depois de uns minutos embasbacado com tanto eye candy, depressa cansei da repetição. Não encontro por lá nada que não haja mais interessante no Deviant Art ou em boa parte dos tumblrs que se vão acumulando nos feeds do meu google reader. Talvez daqui a uns tempos tenha alguma ideia para uso ao Pinterest. Ou então fica como mais um exemplo de transiência acelerada na impermanência da era digital.

Parece-me assim que se completam as vertentes da minha persona digital. Facebook para narrowcasting (o que eu gosto dos comentários offline de não percebo nada do que tu partilhas no face), blogs para coisas alongadas, este e o 3DAlpha, DeviantArt para imagens pessoais e Picasa para image dumps de coisas minhas e dos alunos, YouTube para vídeo, Babel X3D para as coisas do 3D e VRML, Scoop.it para ligações. Deixei alguma coisa de fora?

Sem comentários: