quinta-feira, 26 de abril de 2012

Fluxo


Os nossos dias fogem tão rápidos como água do rio
ou vento do deserto.
Entretanto, dois dias me deixam indiferente:
o que passou ontem e o que virá amanhã.

Omar Khayyam, Rubaiyat.

Sem comentários: