quarta-feira, 27 de agosto de 2008

The Phantom Stranger



DC Comics | Showcase Presents: The Phantom Stranger
Wikipedia | The Phantom Stranger
Toonopedia | The Phantom Stranger

(2006). Showcase Presents: The Phantom Stranger. Vol. 1. Nova York: DC Comics

Quem é o Phantom Stranger? Um dos mais interessantes e misteriosos dos personagens da linha da DC ligada aos temas do terror e oculto, The Phantom Stranger não tem uma origem definida nem poderes clarificados. É um solitário personagem que aparece onde é necessário, manifestando-se de entre as sombras, ocultando-se por detrás da sua capa, com os seus olhos a brilhar por entre as sombras do chapéu. Nos anos 80, Alan Moore descreveu-o como um anjo indeciso, banido dos céus e dos infernos por não ter tomado partido na rebelião de Lúcifer. Entre outras origens que lhe são atribuídas, poderia ser um homem cuja morte lhe foi negada, um judeu errante punido pelas suas acções na crucificação, ou um vestígio de um universo anterior ao nosso. Esta ambiguidade contribui para a aura de mistério que envolve a personagem, que apenas sabemos agir do lado do bem. Os seus poderes místicos nunca são explicitados, não dependem de joias misteriosas ou artefactos secretos, de maldições ou entidades arcanas. A indefinição deste personagem confere-lhe uma atraente aura de mistério.

Criado nos anos 50 por John Broome e Carmine Infantino, numa série que durou seis números, tendo sido revivido nos anos 70 numa série de quarenta números e revisitado nos anos 80 por Alan Moore nas páginas de Swamp Thing e por Neil Gaiman em The Sandman e Books of Magic.

Showcase Presents: The Phantom Stranger colige no primeiro volume os primeiros vinte e um números do comic dos anos 70, bem como uma aparição prévia no DC Showcase #80. Para além de ser um mergulho no formato de comics dedicados ao horror e oculto, repleto de monstros inomináveis, criaturas cadavéricas e assombrosos fantasmas, cheio dos elementos clássicos do comic de horror. este volume mostra uma interessante evolução estilística de argumentos e ilustrações.

As primeiras histórias, republicações dos clássicos dos anos 50, são simplistas, simples histórias de assombrações contadas a grupos de crianças. A partir do quarto número, tudo muda. Os argumentos, apesar de resolvidos em poucas páginas (nada de grandes arcos que se resolvem em vários números) tornam-se mais complexos, com uma visão de luta entre o bem e o mal em que o mal vem tanto das forças ocultas como da cupidez e capacidade de ódio humana. Definem-se alguns inimgos do personagem, a ambígua Tala e Tannarak, um homem sequioso de poder, e uma amiga que o auxilia, Cassandra. Chegamos a encontrar histórias com temas ecológicos, uma novidade nos anos 70. Da autoria dos argumentistas Mike Friedrich, Robert Kanigher, Mike Sekowsky, Denny O’Neil, Gerry Conway, Len Wein e Steve Skeates e outros, com destaque para os argumentos de Kanigher e Wein, dois dos mais influentes argumentistas de comcis de horror, Showcase Presents: The Phantom Stranger conta com ilustrações de Neal Adams, Mike Sekowsky, Vine Colletta, Jim Aparo e Tony DeZuniga. A qualidade destas merece um comentário, pela sua excelência e dinamismo, uso inquietante de planos e muito eficaz uso do claro-escuro. Os comics de horror sempre se distinguiram pela qualidade das suas ilustrações, e este The Phantom Stranger não foge à regra. Esta reedição é feita a preto e branco, sem os tons primários da quadricromia que poderiam retirar o visual tenebroso do preto e branco.

Sem comentários: