domingo, 31 de agosto de 2008

Leituras

Der Spiegel | A navigable Arctic Os benefícios económicos do aquecimento global. O notório degelo das regiões polares àrticas abriu vias de navegação capazes de encurtar as viagens entre os grandes portos do mundo industrializado. As habituais pressões geoestratégicas da parte dos governos das regiões árticas já se fazem sentir.

International Herald Tribune | A fierce Korean pride in a lonely group of islets Pouco mais do que rochedos no estreito do Japão, as ilhas Dokdo, para os coeranos, ou Takeshima, para os japoneses, são um resquício dos tempos imperiais nipónicos do século XX. A soberania sobre estas ilhotas nunca foi definida. Para os japoneses, é um território que alguns gostariam de ver regressado à nação. Para os coeranos, a importância é tão grande que instalaram nas remotas ilhotas um posto de polícia, única habitação daquelas paragens.

O Gizmodo publicou uma série de três artigos que traçam a curta história do OLPC, o influente projecto de Nicholas Negroponte. O objectivo do projecto está longe de ser atingido - distribuir computadores às crianças dos países sub-desenvolvidos, mas os reflexos na indústria dos computadores são enormes: veja-se o sucesso do Eee e congéneres. A ler, Secret origin of the OLPC: Genius, hubris and the birth of the netbook, OLPC origins: US and Taiwan's hardware lovechild, e OLPC Origin: Bittersweet success and future of the XO laptop.

Sem comentários: