segunda-feira, 25 de junho de 2007

Leituras

Guardian | Shopping is the spirit of the silk route, not the online rout Após um boom inicial, em que todos previam que o comércio electrónico iria destruir o modelo de comércio tradicional, começa a notar-se um esfriar do crescimento do comércio electrónico. Uma das principais razões por detrás deste decréscimo prende-se com a natureza humana, com o gosto do consumo ao acaso, com o prazer da descoberta do inesperado, experiências que só se conseguem ter vasculhando lojas e não sites. Por mim falo - sou bibliófilo e bibliófago, mas raramente compro livros online. O prazer está em descobrir obras inesperadas, algo que só consigo a vasculhar as prateleiras das livrarias. As compras online só me dariam mais daquilo que já conheço.

Guardian | UN report warns of climate wars Subjacente ao conflito no Darfur estão questões ambientais: a seca prolongada exacerbou os conflitos entre os agricultores e os criadores de gado numa região onde a escassez de recursos se agudiza. As linhas de tensão dividem-se entre etnias, e o resultado está à vista: uma terrível crise humanitária, um genocídio silencioso. Será o futuro, avisam as Nações Unidas. Os conflitos regionais motivados pelo controle de recursos naturais tornar-se-ão mais frequentes.

The New York Times | When computers attack A guerra cibernética é activamente estudada pelas potências militares. Sendo as redes informáticas infra-estruturas críticas, são um alvo militar. No entanto, a guerra cibernética é mais subtil do que os recentes ataques informáticos à Estónia - em vez de negar o acesso à informação, a guerra cibernética visa manipular e negar as certezas sobre a qualidade da informação.

Sem comentários: